Abril 2016
página 2
 
 
Projeto que preserva saúde dos frentistas passa em segunda discussão

     O projeto de lei que determina o abastecimento de veículos até o limite do dispositivo automático de segurança foi aprovado nesta terça-feira (19) em segunda discussão. A proposta é de autoria do vereador José Emanuel (PSC) que a aprimorou por meio de emendas apresentadas em conjunto com o vereador José Laerte (PSDB).

     A iniciativa busca a preservação da saúde dos frentistas. Quando a capacidade máxima do tanque é superada, o trabalhador aciona o modo manual, colocando mais combustível que o recomendado. Nesse momento entra em contato com o vapor da gasolina ou do etanol, substância cancerígena. O produto afeta a medula óssea e resulta na queda dos glóbulos vermelhos e plaquetas no sangue. Além dos danos à saúde, há prejuízos para o veículo e o meio ambiente.

     Os postos de combustíveis devem afixar, em local visível, placas ou cartazes com a mensagem: Proibido abastecer após o travamento da bomba de abastecimento. A fiscalização será de responsabilidade do Executivo. A expectativa é pela sanção da matéria. A partir daí os estabelecimentos terão 90 dias para se adequar.

     Os infratores estarão sujeitos a multa de R$ 500. O valor dobra em caso de reincidência. Cinquenta por cento do arrecadado será destinado ao Fundo Municipal de Saúde e o restante a ações em defesa do meio ambiente.

(Origem: Site da Câmara Municipal de Juiz de Fora - Assessoria de Imprensa)

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

"Digno é o trabalhador do seu salário" (Evangelho de Lucas, capítulo 10, versículo 7).

     Foi Jesus Cristo quem disse isso, dirigindo-se aos obreiros do Evangelho. Mas esta frase de Jesus vale também para os obreiros em geral, significando que O TRABALHADOR TEM QUE RECEBER O QUE MERECE, isto é, UM SALÁRIO DIGNO

     No Evangelho de Mateus 10.10, Jesus diz: "Digno é o trabalhador do seu alimento".

     A utilização da palavra "salário" (em Lucas 10.7) ou "alimento" (em Mateus 10.10) não muda em nada o sentido básico do provérbio, pois o salário tem natureza alimentar.

     Por estas razões, apontadas pelo Mestre dos Mestres, queremos aproveitar o Dia do Trabalhador para lembrar aos empregadores e às autoridades em geral este dito do Divino Mestre.

     E com estas palavras de Jesus, queremos abraçar fraternalmente toda a classe trabalhadora ao ensejo do transcurso do seu Dia (1º de Maio).

Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de
Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG

Paulo Guizellini - Presidente 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mensagem aos trabalhadores

“Doce é o sono do trabalhador, quer coma pouco, quer muito; mas a fartura do rico não o deixa dormir”. (Livro de Eclesiastes 5:12)

     Estas palavras são do grande sábio Salomão, ensinando-nos que o trabalho não só enobrece o ser humano como também o leva a dormir um sono tranquilo depois de um dia de cansativa atividade, enquanto a fartura e a riqueza do rico, que muitas vezes o levam à inatividade e geram grandes preocupações, geralmente não o deixam dormir sossegado.

     Com esta mensagem de Salomão, queremos externar os nossos mais sinceros cumprimentos a todos os trabalhadores por ocasião do transcurso do Dia do Trabalhador.

     Que os governos e os empregadores compreendam que o trabalho precisa ser mais valorizado e melhor remunerado, para que o Brasil possa progredir e o sono do trabalhador passe a ser mais doce.

SINDEDIF-JF (Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora)

                                                                                                                                           A Diretoria

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que lavrar a sua terra virá a fartar-se de pão, mas o que segue a ociosos se fartará de pobreza”. (Provérbios 28:19)

     Com este provérbio do grande sábio Salomão, mostrando a necessidade e a importância do trabalho na vida do ser humano, para garantir o seu sustento e o de sua família, queremos cumprimentar fraternalmente a todos os companheiros trabalhadores neste importante dia consagrado à classe trabalhadora.

     Que este DIA DO TRABALHADOR nos leve a uma reflexão acerca do relevante papel desempenhado pela classe trabalhadora no processo desenvolvimentista do nosso País.

     E que os governantes e os empregadores entendam que é preciso fazer JUSTIÇA AOS TRABALHADORES, pagando-lhes melhores salários para que eles possam realmente ter
fartura de alimentos.

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Papelão de Juiz de Fora

Edimilson Antunes Vieira - Presidente

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
 
Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora - SINDEDIF-JF
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Avenida Getúlio Vargas, nº 828, sala 603, Centro – Juiz de Fora – MG – Telefone 0(xx)32-3215-9461
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Condomínios de JF na mira de bandidos (X)

Polícia indica medidas de segurança em caso de emergência

     Dando continuidade à série de matérias com dicas de segurança da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), que publicou uma cartilha voltada à segurança em condomínios, com dicas contidas em sete capítulos, publicamos hoje a primeira parte do capítulo V, mostrando mais procedimentos preventivos básicos de segurança em condomínios.

     Na próxima edição do jornal “O Combate”, vamos publicar a segunda e última parte do capítulo V da referida cartilha. Não percam. E até lá, se Deus quiser.  

A DIRETORIA

Capítulo V - Medidas de Segurança em Caso de Emergência.

Existem situações em que se torna necessário adotar determinados procedimentos em casos emergenciais. Para tanto, moradores devem estar preparados para enfrentar fatores adversos que venham atingir seu condomínio, sendo os mais comuns os seguintes:

5.1. Casos de pessoas em atitudes suspeitas rondando o condomínio: ● Esteja atento a toda e qualquer movimentação estranha nos arredores do condomínio; ● Desconfie de pessoas que possam estar em situação considerada suspeita, conforme casos citados anteriormente; ● Mantenha portas e portões sempre fechados; ● Nunca abra portas ou portões a estranhos, mantendo contato com a portaria para saber do que se trata; ● Ao chegar ou sair da garagem de seu condomínio, observe se não há por perto pessoas em atitudes suspeitas; ● Acione a Polícia Militar, através de seu telefone de emergência (190), passando dados e informações completas, a fim de facilitar a ação da Polícia; ● Avise o síndico, moradores e demais funcionários da possível suspeita; ● Nunca saia de dentro do condomínio para averiguar situações em que haja pessoas em atitudes estranhas, pois poderá ser uma armadilha para render funcionários e/ou moradores.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas