Agosto 2017
página 4
 
 
Sindicato pede ao Ministério do Trabalho rigorosa fiscalização nas imobiliárias de JF

     O Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora – SINDEDIF-JF enviou ofício ao Ministério do Trabalho e da Previdência Social pedindo rigorosa fiscalização daquele órgão, por sua Gerência Regional do Trabalho e Emprego em Juiz de Fora (GRTE/JF), em todas as imobiliárias localizadas nesta Cidade.

     É que o Sindicato, segundo o seu presidente, Luiz José da Silva, recebeu denúncias de trabalhadores apontando irregularidades referentes a descumprimentos da Convenção Coletiva de Trabalho da categoria em diversas imobiliárias, sendo que, segundo as denúncias, uma das irregularidades seria o fato de que alguns empregadores não estariam pagando a seus funcionários o piso salarial da classe estabelecido pela Convenção.

     O Sindicato pediu também que o Ministério do Trabalho e da Previdência Social lhe envie o resultado da ação fiscal, ou seja, o Relatório da Fiscalização, e caso haja autuação de algum empregador, o órgão informe à entidade sindical em quais cláusulas convencionais e/ou dispositivos de lei os autuados foram enquadrados, para que o Sindicato, através do seu Departamento Jurídico, possa tomar as providências judiciais cabíveis no sentido de resguardar os direitos trabalhistas dos empregados de tais estabelecimentos.


Centenas de trabalhadores de condomínios de JF já receberam carteirinha do PRODENTE
A trabalhadora Elisiane Cassiano Couto e o porteiro Júlio César da Silva recebendo do presidente do SINDEDIF-JF, Luiz José da Silva, a carteirinha do PRODENTE.

     Centenas de trabalhadores e trabalhadoras de condomínios (inclusive “shoppings centers”) situados em Juiz de Fora já receberam a sua carteirinha do Programa de Assistência à Saúde Dental do Trabalhador – PRODENTE, criado recentemente pela Convenção Coletiva de Trabalho do Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora – SINDEDIF-JF.

     Conforme “O Combate” já noticiou, desde o dia 20 de abril de 2017, qualquer empregado ou empregada de condomínio localizado nesta Cidade, submetido a jornada de trabalho igual ou superior a 110 horas mensais,  pode usufruir gratuitamente os benefícios oferecidos pelo PRODENTE, que é um programa destinado a esses trabalhadores, sindicalizados ou não sindicalizados, mas integrantes da categoria profissional representada pelo SINDEDIF-JF. “O PRODENTE presta assistência gratuita à saúde dental desses trabalhadores, que podem escolher o atendimento clínico de sua preferência, podendo ser até mesmo o seu próprio dentista (se houver, é claro), mesmo sem a carteirinha, mas este documento é importante porque estabelece vínculo formal entre o trabalhador ou a trabalhadora e o PRODENTE” – explica o presidente do SINDEDIF-JF, Luiz José da Silva.

     Para isso, o trabalhador ou a trabalhadora pode se inscrever, sem qualquer custo, na sede do SINDEDIF-JF, na Avenida Getúlio Vargas, nº 828, sala 603, Centro, no horário de 12 às 17,30 horas, de segunda-feira a sexta-feira.

     Segundo Luiz, “o PRODENTE é mais um benefício muito importante conquistado e oferecido pelo SINDEDIF-JF para os trabalhadores dos condomínios (inclusive “shoppings”) de Juiz de Fora, os quais devem aproveitar a oportunidade para cuidar de sua saúde bucal, pois os médicos afirmam que a saúde do corpo depende muito da saúde da boca”.


   EXPEDIENTE 

Jornal fundado pelo jornalista Djalma Medeiros em 06 de julho de 1952. Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas da Comarca de Juiz de Fora sob o nº 80.
Diretor-Redator-Presidente:
João Batista de Medeiros.
Redação: Rua Osvaldo Xavier de Souza, 586 - CEP 36.071-450 - Bairro: Santo Antônio Juiz de Fora -
Minas Gerais - Celular: (32) 8845- 2991. E-mail:
ocombate.jm@gmail.com

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas