Dezembro de 2015
página 3
 
 
Guizellini espera que decisão da Justiça
que beneficiou frentista sirva de exemplo e tenha valor pedagógico

O presidente do SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini (o 1º à direita), e os diretores da entidade, Luiz Geraldo Martinho e Mauro de Oliveira Ruela, estão sempre indo a diversos postos de combustíveis para orientar e informar os frentistas sobre seus direitos e benefícios conquistados pelo Sindicato. (Foto: Arquivo O Combate)

     Ao tomar conhecimento do resultado do processo que beneficiou o frentista Isaías Inácio de Oliveira (ver matéria na página 2), o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini, disse esperar “que esta justa e correta decisão da Justiça sirva de exemplo para todos os frentistas assaltados, encorajando-os a também ajuizarem ação cobrando indenização por danos morais e, se houver, também danos materiais”.

     O sindicalista espera também que tal decisão judicial “tenha um valor pedagógico, contribuindo para que outros postos de combustíveis tomem as devidas providências no sentido de oferecer a seus empregados um bom ambiente de trabalho, adotando, inclusive, as tão necessárias medidas preventivas de segurança”.

     Segundo Guizellini, “os postos de combustíveis precisam proporcionar aos seus empregados um mínimo de segurança no local de trabalho para minimizar o risco da atividade, pois os frentistas não podem ficar constantemente expostos a potencial risco de serem roubados”.

     No caso de Isaías, o sindicalista salienta que “não há dúvida de que houve grave ofensa à sua integridade física, psíquica e moral, em face do temor a que ele ficou constantemente exposto, sendo que cabe lembrar também a situação de terrível stress a que uma pessoa é submetida nesses casos, haja vista tratar-se de estabelecimento alvo de notória onda de assaltos que vem aterrorizando a nossa Cidade, o que justifica perfeitamente o procedimento do trabalhador de se afastar do trabalho e pedir à Justiça a declaração da rescisão indireta do contrato de emprego, bem como a condenação da empresa em pagamento de indenização por dano moral”.

     Assim, de acordo com Guizellini, “qualquer funcionário de posto que for assaltado deve imediatamente chamar a Polícia para registrar a ocorrência e, em seguida, comunicar o fato ao SINTRAPOSTO-MG, pelos telefones 0-32-3216-3181 e 3213-7565, para que o Departamento Jurídico do Sindicato possa tomar as providências cabíveis, inclusive acionando a empresa na Justiça a fim de cobrar indenização por danos morais e materiais para o trabalhador assaltado”.

     Os trabalhadores podem comunicar ao SINTRAPOSTO-MG a ocorrência do assalto ao posto também na sede do Sindicato, na Rua Halfeld, nº 414, sala 609, Centro, Juiz de Fora (MG), ou pelo e-mail da entidade (sintrapostomg@gmail.com) ou clicando no espaço “FALE CONOSCO”.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

“...E, projetando ele isso, eis que em sonho lhe apareceu um anjo do Senhor, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber a Maria, tua mulher, pois o que nela se gerou é do Espírito Santo; ela dará à luz um filho, a quem chamarás JESUS; porque Ele salvará o seu povo dos seus pecados”.

(O Evangelho segundo Mateus 1:20-21)

Com esta mensagem, queremos abraçar afetuosamente todos os companheiros trabalhadores que ajudam a construir, com o seu trabalho, o progresso do País e a grandeza da Nação. E queremos também agradecer a todos que, de uma ou de outra maneira, contribuíram durante o ano de 2015 para o fortalecimento da nossa categoria.

A todos, um Natal e Ano Novo
de muito amor e paz.

 

São os sinceros votos do

Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG

Paulo Guizellini - Presidente
Diretores e funcionários

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Que este findar de ano seja momento de realizações e, principalmente, momento de renovarmos a Esperança, a Fraternidade, o Amor, baseando-nos no exemplo do grande
Mestre Jesus Cristo.
 

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

São os sinceros votos do

Sindicato dos Empregados nos Sindicatos e nas Entidades de Representações de Classe de Juiz de Fora (SESERC-JF)

ANSELMO ÍTALO LEOPOLDINO
Presidente

e demais Diretores

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora - SINDEDIF-JF
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Avenida Getúlio Vargas, nº 828, sala 603, Centro – Juiz de Fora – MG – Telefone 0(xx)32-3215-9461
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Condomínios de JF na mira de bandidos (VI)
Polícia dá dicas de controle de entrada e saída de pessoas pela portaria para segurança nos condomínios

     Dando continuidade à série de matérias com dicas de segurança da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), que publicou uma cartilha voltada à segurança em condomínios, com dicas contidas em sete capítulos, publicamos hoje mais uma parte do capítulo III, mostrando procedimentos preventivos básicos de segurança em condomínios.

     O capítulo I da cartilha, publicado na edição de julho do jornal “O Combate”, revelou “como deve ser a segurança de um condomínio”.

     O capítulo II foi publicado em três partes. Na edição de agosto deste jornal, publicamos as Dicas de Segurança para os Síndicos; na edição de setembro, publicamos as Dicas de Segurança aos Condôminos; e na edição de outubro, publicamos as Dicas de Segurança aos Funcionários.

     Da mesma forma, por questão de espaço, resolvemos dividir também o capítulo III em três partes.    

     Na próxima edição do jornal “O Combate”, vamos publicar a parte que revela as dicas da cartilha da PMESP sobre controle de entrada e saída de veículos, garagens e materiais. Não percam. E até lá, se Deus quiser.  

A DIRETORIA

Capítulo III - Controle de Entrada e Saída de Pessoas pela Portaria.

3.1.3. Identificação de entregadores de mercadoria (encomendas, pizzas, flores, presentes ou outros objetos): ● Faça a identificação visual da pessoa; ● Cumprimente-a (bom dia, boa tarde, boa noite); ● Mantenha os portões fechados; ● A pessoa deverá aguardar do lado de fora do condomínio ou em local reservado para isto, devendo ser tratada à distância, pois é prática comum infratores da lei inventarem uma entrega fictícia;
● Avise o condômino, solicitando sua presença ou de algum funcionário seu na portaria a fim de pegar a encomenda; ● Jamais permita que o entregador leve pessoalmente a encomenda até a residência; ● Caso o material venha acompanhado de Nota Fiscal, receba e assine o recibo; ● Na ausência do condômino, receba e guarde para posteriormente ser retirada pelo morador ou entregue por um funcionário.

3.1.4. Controle de entrada e saída de prestadores de serviço por empresas de terceirização de mão de obra: ● Solicite ao funcionário o seu crachá ou documento de identificação da empresa, conferindo com a relação que possua na portaria; ● Entregue o crachá de identificação do condomínio como prestador de serviços; ● Anote seus dados em livro próprio, registrando o horário de entrada e saída; ● Na saída, recolha o crachá de identificação.

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas