O Combate
versão impressa

ABRIL 2018

 
 
Postos fazem acordo com Sindicato e reajustam salários dos frentistas

     Objetivando amenizar os diversos problemas decorrentes da falta de acordo na negociação com o MINASPETRO, o Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG resolveu propor aos proprietários dos postos de combustíveis desta Cidade e da Região a celebração de Acordos Coletivos de Trabalho entre as empresas e o Sindicato trabalhista, em negociação direta, sem a interferência do Sindicato patronal. E a proposta do SINTRAPOSTO-MG está sendo muito bem recebida por muitos donos de postos, que estão firmando acordos com o Sindicato tanto em Juiz de Fora quanto em várias cidades da base territorial de abrangência da entidade trabalhista.

Página 2
e Página 3



Para Silas, trabalhadores “não têm nada a comemorar”

Silas Batista da Silva, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Juiz de Fora.

     Em entrevista ao jornal “O Combate”, o presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Juiz de Fora, Silas Batista da Silva, disse que “o Dia do Trabalhador, de uns anos para cá, tem sido marcado como um ponto de luta. As manifestações de repúdio a essa série de perseguições à classe trabalhadora e ao movimento sindical têm que se fazer presentes no dia 1º de Maio”. 

     Perguntado se o trabalhador tem o que comemorar no dia que lhe é consagrado, Silas disse: “Nada a comemorar, porque o que esse Congresso tem feito mostra que é um Congresso ilegítimo, já que a gente vê a corrupção que permeia lá dentro, e prejudica muito os trabalhadores, fazendo um desmonte da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho)”.

     Em seguida, Silas enfatizou: “Nós temos que aproveitar este ano, que é um ano eleitoral, para fazermos valer o nosso voto. Temos que conscientizar as nossas bases sobre em quem votar nas eleições de outubro. Esta é a oportunidade e a hora que temos para fazer valer a nossa voz através do nosso voto. Então, não podemos de forma nenhuma prescindir desse direito de votar. Agora, o trabalhador tem que se conscientizar de que é preciso procurar o seu Sindicato, assim como é importante o Sindicato procurar os seus trabalhadores, para trocarmos ideias e nos informar bem sobre os candidatos para que possamos colocar lá no Congresso Nacional gente comprometida com o povo brasileiro e com o movimento trabalhista”.


“Que todo homem coma e beba, e goze do bem de todo o seu trabalho: Isto é um dom de Deus.” (Livro de Eclesiastes 3:13)

Com estas palavras sagradas, proferidas pelo grande sábio Salomão num momento de inspiração divina, revelando que o trabalho é um direito inalienável do ser humano, consagrado pelas Escrituras Sagradas, como também é uma necessidade básica de todas as pessoas, queremos cumprimentar fraternalmente toda a classe trabalhadora por ocasião do transcurso do DIA DO TRABALHADOR.

Que todos nós - sindicalistas, governos, empregadores e o povo em geral - aproveitemos este dia dedicado aos trabalhadores para meditarmos profundamente sobre a grande importância da classe trabalhadora no processo de desenvolvimento do nosso País. E que haja maior reconhecimento por parte dos governos e dos empregadores acerca do importante papel desempenhado pelos nossos companheiros trabalhadores, que estão a merecer salários mais justos e melhores condições de trabalho.

Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos
de Serviços de Saúde de Juiz de Fora

Pela Diretoria

Anderson Stehling – Presidente

 
 
 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT comunicação visual