Junho de 2013
página 4
 
 
SINDICATO QUER ADOÇÃO DE MEDIDAS PREVENTIVAS PARA PROTEGER TRABALHADORES
Onda de assaltos a condomínios preocupa SINDEDIF

Notícias divulgadas recentemente pela imprensa local dão conta de que condomínios de Juiz de Fora voltaram a ser alvo de bandidos.
     Várias ocorrências de assaltos a condomínios foram registradas pela Polícia Militar no mês passado. E o site do jornal “Tribuna de Minas” publicou no dia 21 de maio uma extensa reportagem sobre o assunto sob o título “Mesmo com onda de assaltos, prédios falham na segurança”.
     Na reportagem, o jornal diz: “A onda de assaltos e arrombamentos a prédios em várias regiões de Juiz de Fora tem assustado moradores e levado os síndicos a investirem em mais segurança, na tentativa de barrar os criminosos. Apesar do alerta, especialistas e a polícia apontam muitas falhas nos edifícios, o que facilita a entrada de suspeitos”.
     Na ocasião, a “Tribuna de Minas”, para verificar a situação, conforme informou, testou a segurança em 12 condomínios situados no Centro da Cidade e nos bairros Estrela Sul, Bom Pastor, Passos, São Mateus, Paineiras e Santa Helena. O carro do jornal conseguiu entrar facilmente em 10 dos 12 condomínios testados.
     Preocupado com isso, o presidente do SINDEDIF-JF (Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora), Luiz José da Silva, informou que a entidade trabalhista já está se movimentando no sentido de que sejam tomadas providências urgentes para combater e conter esses roubos e garantir a segurança dos trabalhadores dos condomínios.
     O sindicalista quer que sejam adotadas medidas preventivas de segurança contra esses crimes que estão a ameaçar a integridade física e psicológica de inúmeras pessoas. “Além dos condôminos, os empregados de condomínios também estão correndo sérios riscos, pois, trabalhando na portaria do prédio, geralmente são eles as primeiras pessoas a ser dominadas pelos larápios” – explica o presidente do Sindicato.
     Segundo Luiz, o SINDEDIF-JF está estudando medidas preventivas e a adoção de uma estratégia de ação destinada a levar à tomada de providências urgentes pelos condomínios e pelas autoridades responsáveis pela segurança pública a fim de combater e inibir esses crimes e proteger os condôminos e os empregados dos condomínios.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas