Maio de 2015
página 3
 
 
SINDICATO LEMBRA: EMPREGADO QUE TRABALHA DURANTE FERIADO TEM QUE RECEBER O SALÁRIO/DIA EM DOBRO
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

     O mês de junho de 2015 tem um feriado: dia 4, Dia de Corpus Christi. E para a população de Juiz de Fora há outro feriado no mesmo mês: dia 13 de junho é Dia de Santo Antônio do Paraibuna, Padroeiro da Cidade. Maio também teve um feriado: dia 1º, Dia do Trabalhador. E o mês de abril deste ano também teve dois feriados: dia 3 (Sexta-feira da Paixão de Cristo) e 21 (Dia de Tiradentes).

     Por isso, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região - SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini, em entrevista ao jornal “O Combate”, fez questão de lembrar que “o empregado que trabalhar nesses dias terá que receber o salário/dia em dobro”.

     Segundo ele, “é necessário lembrar isso porque alguns postos de combustíveis da Cidade e da Região costumam deixar de pagar em dobro o feriado trabalhado, violando, assim, a legislação vigente, ou seja, o artigo 9º da Lei nº 605/49”.

     Para o sindicalista, “isso, além de ilegal, é um desrespeito ao funcionário que trabalha durante feriado e recebe como se fosse dia normal”.

     De acordo com Guizellini, o empregado que recebe salário-base de R$ 857,11 e 30% de adicional de periculosidade (R$ 257,13), totalizando o montante de R$ 1.114,24, tem direito a receber mais R$ 74,28 quando trabalha durante feriado, e não R$ 37,14, como se tivesse trabalhado em dia normal. “Assim sendo, como o mês de abril de 2015 teve dois feriados, o funcionário que trabalhou nesses dois dias, tem direito a receber o montante de R$ 148,56 pelo trabalho prestado nesses dois feriados, além, é claro, do seu saldo de salário normal pelo trabalho prestado durante o mês, bem como o valor de horas extras com adicional de 100% caso o trabalhador faça horas extras no feriado. E vale lembrar que o frentista-caixa tem direito a receber mais 10% a título de gratificação de quebra de caixa” – frisa o sindicalista.

     Ele considera justo que todos os empregados representados pelo SINTRAPOSTO-MG, que trabalharam durante feriado e receberam o dia de serviço como se fosse dia normal, cobrem de seus empregadores na Justiça o pagamento de todos os feriados não pagos na forma estabelecida pela legislação vigente.

     Por isso, Guizellini assinala: “Os trabalhadores prejudicados devem telefonar para o Disque-Denúncia do SINTRAPOSTO (32-3216-3181 e 3213-7565) ou entrar em contato com a entidade pelo e-mail sintrapostomg@gmail.com ou, também, pelo site deste jornal (www.ocombate.com.br), clicando no espaço “FALE CONOSCO” .

     O trabalhador pode também se dirigir à sede do Sindicato, na Rua Halfeld, nº 414, sala 609, Centro de Juiz de Fora, para a tomada de providências cabíveis, objetivando o ajuizamento de ação trabalhista pelo Departamento Jurídico da entidade.

Brasil terá 9 feriados nacionais
em dias úteis em 2015

     Em 2014, com exceção das cidades que tiveram pausa em suas atividades nos dias de jogos da Copa do Mundo, a maioria dos brasileiros conviveu com poucos feriados em dias úteis.

     Este ano, porém, está sendo diferente. Ao todo, serão 9 feriados nacionais em dias úteis, além das folgas decorrentes de feriados municipais e estaduais.

      Eis a lista completa dos feriados nacionais de 2015, segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais: 

Janeiro 
01 de janeiro - Dia da Confraternização Universal. 

Fevereiro 
17 de fevereiro
- Carnaval. Uma terça-feira. A data não é feriado nacional, mas é comum os trabalhadores terem folga nesse dia.

Abril 
3 de abril
- Sexta-feira da Paixão de Cristo. 
21 de abril - Dia de Tiradentes. Uma terça-feira.

Maio
1º de Maio
- Dia do Trabalhador. Uma sexta-feira. 

Junho 
4 de junho
- Corpus Christi. Uma quinta-feira. 

Setembro
7 de setembro
- Dia da Independência do Brasil. Uma segunda-feira.

Outubro
12 de outubro
- Dia de Nossa Senhora Aparecida, a padroeira do Brasil. Uma segunda-feira. 

Novembro
02 de novembro
- Dia de Finados. Uma segunda-feira. 
15 de novembro - Dia da Proclamação da República. Um domingo. 

Dezembro
25 de dezembro
- Natal. Uma sexta-feira. 

SINTRAPOSTO-MG visita novamente suas bases
O presidente do SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini (o 1º à esquerda), e os diretores da entidade, Luiz Geraldo Martinho e Mauro de Oliveira Ruela, ao lado de frentistas no interior de MG

     O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini, os diretores da entidade, Mauro de Oliveira Ruela e Luiz Geraldo Martinho, e o advogado João Batista de Medeiros, integrante do Departamento Jurídico do Sindicato, estiveram novamente em vários postos de combustíveis localizados em cidades que compõem a base territorial de abrangência do Sindicato, no interior de Minas Gerais.

     O objetivo da visita às bases, como sempre, foi o de conversar pessoalmente com os frentistas para orientá-los acerca de seus direitos trabalhistas.

     Distribuindo exemplares do jornal “O Combate”, contendo notícias de interesse dos frentistas, e também um boletim do SINTRAPOSTO-MG contendo valores de salários, horas extras e outros benefícios conquistados pelo Sindicato para a categoria, os dirigentes sindicais conversaram com muitos empregados de postos de combustíveis sobre a constante luta do Sindicato por melhorias salariais e outros benefícios para os trabalhadores representados pela entidade.      

     Os sindicalistas fizeram um trabalho de orientação e esclarecimento aos frentistas, colocando-os a par de seus direitos e dissipando suas dúvidas.    

     Depois de trocar ideias com os trabalhadores, esclarecer suas dúvidas e ouvir seus pedidos, Guizellini se mostrou muito satisfeito com a disposição da categoria em apoiar a luta do Sindicato. “Esse trabalho de constante visitação às bases, levando a direção da entidade a manter contato pessoal, direto e permanente com os trabalhadores, é muito importante para nós e para eles também, pois proporciona um entrosamento cada vez maior entre a direção do Sindicato e a categoria” – disse o sindicalista.

     Em seguida, ele acrescentou: “Muitos trabalhadores não podem ir ao Sindicato por falta de tempo, pois têm seus compromissos profissionais e outros afazeres. Por isso, nós sempre vamos até o local de serviço desses trabalhadores, levando informações e orientações e buscando a união de todos em torno de um objetivo comum, que é a conquista de mais benefícios para toda a nossa classe”.

     Segundo Guizellini, esse trabalho, que vem sendo realizado há muitos anos pelo Sindicato, “tem gerado bons frutos, fortalecendo a entidade e a categoria, e deixando contentes os nossos colegas frentistas, pois vimos que eles ficaram satisfeitos com a nossa visita em seus locais de trabalho”.

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas