Março de 2014
página 2
 
 
MAIS DE 18% DE AUMENTO
SINDICATO CONSEGUE AUMENTO SALARIAL, TÍQUETE-ALIMENTAÇÃO
E VÁRIOS OUTROS BENEFÍCIOS PARA OS TRABALHADORES DOS CONDOMÍNIOS, ADMINISTRADORAS E SHOPPINGS
Aumento da remuneração dos trabalhadores chega a 18,72%
incluindo o valor do tíquete-alimentação

luiz-jose-da-silva_joao-batista-medeiros     O SINDEDIF-JF (Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora) acaba de conseguir aumento salarial, tíquete-alimentação e vários outros benefícios para os trabalhadores dos condomínios, “shoppings centers” e administradoras de imóveis de Juiz de Fora. Em campanha salarial desde outubro do ano passado, a categoria finalmente conseguiu fechar acordo com a classe patronal durante a quarta reunião realizada entre o Sindicato dos empregados e o Sindicato dos patrões, no dia 19 de março.
     O índice de reajuste salarial foi de 8% e é considerado significativo porque o índice da inflação oficial, ou seja, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) de 2013, medido pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), foi de 5,91% (bem inferior, portanto, ao índice de aumento salarial conquistado pelo SINDEDIF-JF). E o INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), também medido pelo IBGE e muito utilizado pelos Sindicatos nas negociações coletivas, foi de 5,56% em 2013.
     Acontece que, além do reajuste salarial de 8%, o Sindicato conseguiu também para os trabalhadores dos condomínios, administradoras e “shoppings” de Juiz de Fora um tíquete-alimentação no valor mínimo de R$ 80,00. Assim, o aumento da remuneração desses trabalhadores, incluindo o valor do tíquete-alimentação, chega a 18,72% para os empregados dos condomínios residenciais e 18,121% para os demais funcionários.
     De acordo com a cláusula 10ª da Convenção Coletiva de Trabalho de 2014, que – vale lembrar – tem força de lei, os empregadores fornecerão, obrigatoriamente, todos os meses, a partir de 1º de janeiro de 2014, a todos os seus empregados, impreterivelmente até o dia 30 de cada mês, tíquete-alimentação no valor mínimo de R$ 80,00. “O tíquete-alimentação era uma antiga reivindicação da categoria. Todos os anos o Sindicato lutava por este benefício. Felizmente agora a nossa luta foi coroada de êxito, pois conseguimos mais este benefício para os companheiros trabalhadores representados por este Sindicato” – afirma o presidente do SINDEDIF-JF, Luiz José da Silva.
     Assim, com a celebração da nova Convenção, os trabalhadores dos condomínios, “shoppings” e administradoras conseguiram a reposição integral das perdas salariais decorrentes da inflação e até um significativo ganho real, que foi de 2,09% em relação ao IPCA e 2,44% em relação ao INPC. Explicando melhor: quando se compara o percentual de reajuste salarial (8%) com o IPCA (5,91%), o ganho real dos trabalhadores é de 2,09%, mas quando se compara o reajuste salarial (8%) com o INPC (5,56%), o ganho real dos trabalhadores aumenta, chegando a 2,44%. E quando se inclui nessa comparação o valor do tíquete-alimentação, que fez com que o aumento da remuneração desses trabalhadores chegasse a 18,72% para os empregados dos condomínios residenciais e 18,121% para os demais funcionários, o ganho real dos trabalhadores dos condomínios residenciais chega a 13,16% em relação ao INPC (5,56%), e o ganho real dos demais trabalhadores pertencentes à categoria representada pelo SINDEDIF-JF chega a 12,56% também em relação ao INPC.
     Com o reajuste, o piso salarial dos empregados dos condomínios comerciais, centros comerciais (“shoppings centers”), administradoras de imóveis e administradoras de condomínios de Juiz de Fora passou de R$ 790,43 para R$ 853,66, enquanto o piso salarial dos empregados dos condomínios residenciais passou de R$ 746,34 para R$ 806,05. Mas como todos esses trabalhadores passaram a ter direito, como conquista do Sindicato, desde 1º de janeiro de 2014, ao tíquete-alimentação no valor mínimo de R$ 80,00, a remuneração mínima dos empregados dos condomínios comerciais, “shoppings” e administradoras desta Cidade passou de R$ 790,43 para R$ 933,66, um reajuste de 18,121%. E a remuneração mínima dos empregados em condomínios residenciais passou de R$ 746,34 para R$ 886,05, um reajuste de 18,72%.

     DIFERENÇAS SALARIAIS
     Tendo em vista que a Convenção Coletiva de Trabalho tem efeito retroativo a 1º de janeiro de 2014 (data-base da categoria), existem diferenças salariais decorrentes dos novos salários ora reajustados referentes aos meses de janeiro e fevereiro de 2014, as quais terão que ser quitadas juntamente com o salário já reajustado referente ao mês de março de 2014, a ser pago, de acordo com a legislação vigente, até o 5º (quinto) dia útil do mês de abril de 2014.

     TÍQUETES DE JANEIRO, FEVEREIRO E MARÇO
   
Além disso, como a Convenção tem efeito retroativo a 1º de janeiro, são devidos os tíquetes-alimentação referentes aos meses de janeiro, fevereiro e março, os quais serão pagos da seguinte maneira: o tíquete-alimentação, no valor mínimo de R$80,00, referente ao mês de janeiro/2014, terá que ser quitado juntamente com o tíquete-alimentação referente ao mês de abril/2014; o de fevereiro/2014, juntamente com o de maio/2014; e o de março/2014, juntamente com o de junho/2014.
     Havendo demissão do empregado dentro do período de pagamento, o valor total do tíquete-alimentação referente aos meses de janeiro, fevereiro e março de 2014, que ainda estiver faltando ser pago na data da demissão, terá que ser quitado juntamente com as verbas rescisórias.
     A vigência da nova Convenção Coletiva de Trabalho da categoria, firmada entre o SINDEDIF-JF e o Sindicato dos Condomínios de Juiz de Fora e da Zona da Mata Mineira, abrange o período de 1º de janeiro de 2014 a 31 de dezembro do mesmo ano. 

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
   EXPEDIENTE 

Jornal fundado pelo jornalista Djalma Medeiros em 06 de julho de 1952. Registrado no Cartório de Registro Civil de Pessoas Jurídicas da Comarca de Juiz de Fora sob o nº 80.
Diretor-Redator-Presidente: João Batista de Medeiros - Colaborador: M.R. Gomide (Redator de Turismo).
Redação: Rua Osvaldo Xavier de Souza, 586 - CEP 36.071-450 - Bairro: Santo Antônio Juiz de Fora - Minas Gerais - Celular: (32) 8845- 2991. E-mail: ocombate.jm@gmail.com

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas