Março 2019
página 4
 
 

Trabalhador(a), você quer perder os direitos trabalhistas e os outros benefícios já conquistados pelo seu Sindicato para você?

     Se já não bastassem as maldosas e maliciosas investidas de alguns patrões inescrupulosos (poucos, felizmente, pois a maioria da classe patronal não é dessa laia) e agora também o “tiro de misericórdia” do governo do presidente Jair Bolsonaro (através da edição da inconstitucional Medida Provisória 873/19), querendo e tentando acabar com os Sindicatos trabalhistas, ainda existem os imprudentes ataques de alguns trabalhadores (felizmente, poucos), que vão “caindo na lábia” desses empregadores e “indo na onda” desse governo, fazendo o jogo dessa gente contra as entidades sindicais. É provável que esses trabalhadores não saibam que os direitos trabalhistas e outros benefícios que eles possuem nasceram nas lutas dos Sindicatos trabalhistas.

     O trabalhador ou a trabalhadora tem que ter consciência de que reajuste salarial não cai do céu. E não é presente ou bondade de nenhum patrão e nem do governo. É conquista do Sindicato. Se a entidade trabalhista não conseguir, através da luta sindical, melhorias salariais e outros benefícios para os seus trabalhadores, os patrões não serão tão bonzinhos a ponto de conceder reajustes salariais e outros benefícios a seus empregados de livre e espontânea vontade. Claro que não.

Os Sindicatos trabalhistas, de modo geral, batalham bastante, na mesa de negociação com o Sindicato patronal, para conseguir melhores salários e melhores condições de vida e de trabalho para os seus trabalhadores e as suas trabalhadoras. E, por fim, após muitas dificuldades, os Sindicatos trabalhistas conquistam, a duras penas e com muita luta, os reajustes salariais e outros benefícios tão desejados pelos trabalhadores e trabalhadoras.

Toda a classe trabalhadora precisa se conscientizar de que os Sindicatos trabalhistas, que estão sempre lutando por melhorias salariais e melhores condições de vida e de trabalho para os trabalhadores e as trabalhadoras deste País, necessitam do apoio e da contribuição das categorias profissionais.

Neste momento em que ocorrem várias tentativas de nova escravização dos trabalhadores brasileiros promovidas pela maldita “reforma trabalhista” implantada pelo desgoverno de Michel Temer (muitas tentativas até já consumadas), os trabalhadores e as trabalhadoras precisam, mais do que nunca, estar bem ligados ao seu Sindicato, pois a entidade sindical é a única arma que o trabalhador ainda possui para conquistar reajustes salariais e outros benefícios, em sua luta por melhores condições de vida e de trabalho, e para enfrentar qualquer tentativa de escravização em seu local de serviço.

Por isso, você, trabalhador(a), integrante de qualquer categoria profissional, deve apoiar o seu Sindicato e ficar bem atento(a) para não “cair na lábia” de alguns patrões velhacos que só querem “levar vantagem” em cima das costas do(a) trabalhador(a).

Por favor, não fale mal do seu Sindicato. Não ajude o governo e os patrões inescrupulosos a acabarem com as entidades trabalhistas. Afinal, você não quer que acabem os seus direitos trabalhistas e os outros benefícios conquistados pelo seu Sindicato. Quer?


22011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas