Novembro de 2012
primeira página
 
Morador critica reforma
da Avenida Presidente Costa e Silva

     O morador do Bairro São Pedro, Paulo Guizellini, não gostou da recente reforma feita pela Prefeitura de Juiz de Fora na Avenida Presidente Costa e Silva, principal via
daquele bairro.
   Para ele, "a sinalização não  condiz com a realidade da avenida, o que dificulta o fluxo de veículos e prejudica a passagem dos pedestres".
     Paulo explica que "a sinalização é inadequada pelo grande movimento de veículos na avenida, fazendo com que haja vários abalroamentos de veículos naquele local. Tudo por causa da sinalização".
     Segundo ele, a reclamação é geral . “Muitos moradores também estão se queixando dessa reforma. Moradores da Rua Antônio Rufino e proximidades, por exemplo, reclamam das dificuldades do trânsito de veículos naquele local, pois agora, para se fazer retorno a fim de se dirigir no sentido do Bairro Santos Dumont , é necessário ir até o portão da Universidade Federal de Juiz de Fora, por causa de um trecho no final da Rua Antônio Rufino cujo espaço é de apenas dez metros, no qual colocaram mão única quando deveria ser mão dupla” – afirma Paulo.
     De acordo com o morador, “a faixa contínua só comporta um carro de passeio, sendo que quando passa pelo local um caminhão ou ônibus, ele ocupa quase que as duas faixas, o que provoca congestionamento de veículos, que, por sua vez, n ã o r e s p e i t a m o s pedestres, colocando em risco a vida das pessoas”.
     Paulo acha que “as autoridades competentes   precisam tomar providências urgentes para facilitar o escoamento de veículos naquele local, antes que os problemas causados pela reforma da avenida provoquem acidentes mais graves".

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas