Novembro de 2015
primeira página
 
 
Campanha salarial dos frentistas de MG
tem 1ª rodada de negociação

O presidente do SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini (o 3º da esquerda para a direita), ao lado do advogado João Batista de Medeiros, integrante do Departamento Jurídico da entidade, participando da 1ª rodada de negociação com a Comissão Negociadora do MINASPETRO (à direita), na sede do Sindicato patronal, em Belo Horizonte, no dia 24 de novembro.

     A campanha salarial dos empregados dos postos de combustíveis, lojas de conveniência, lava-rápidos, estacionamentos e garagens de Juiz de Fora e Região, iniciada no dia 25 de setembro, quando foi realizada a assembleia geral da categoria que aprovou a pauta de reivindicações dos trabalhadores a ser negociada com o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo do Estado de Minas Gerais (MINASPETRO), teve no dia 24 de novembro a primeira rodada de negociação.

     O Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG, juntamente com as outras entidades sindicais que representam os demais empregados dos postos de gasolina de Minas Gerais, se reuniu com o Sindicato patronal para negociação da pauta de reivindicações dos frentistas deste Estado, cuja data-base (ocasião de reajuste salarial e concessão de outros benefícios aos trabalhadores) é 1º de novembro.

     A reunião, que durou cerca de duas horas, teve início às 15h26min, com quase meia hora de atraso, e foi realizada na sede da entidade patronal, em Belo Horizonte.

     O MINASPETRO não chegou a apresentar nenhuma proposta de reajuste do salário-base da categoria e nem sobre os novos valores da cesta básica de alimentos e da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) das empresas.    

     As entidades marcaram nova reunião para o dia 2 de dezembro.

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas