Outubro de 2015
página 4
 
 
Riani comemora 95 anos

  Com um almoço especial em seu sítio, no bairro Filgueiras, em Juiz de Fora, o ex-sindicalista e ex-deputado estadual Clodesmidt Riani comemorou entre familiares e amigos mais um aniversário. Ele completou 95 anos de idade no dia 15 de outubro, mas festejou no dia 11, domingo.

     Riani foi o maior sindicalista de toda a História do Brasil, tendo sido presidente da CNTI (Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria) e do antigo CGT (Comando Geral dos Trabalhadores) na década de 60. Era muito ligado ao então presidente da República, João Goulart, razão pela qual foi cassado e preso de maneira injusta e covarde pela ditadura militar que se instalou neste País em 1º de abril de 1964, quando Jango foi derrubado pelos militares golpistas.

     Em sua residência, no Centro de Juiz de Fora, Riani construiu um acervo que conta toda a sua história de luta em defesa dos trabalhadores brasileiros.

     O diretor do jornal “O Combate”, João Batista de Medeiros, agradece ao ex-sindicalista e sua família a gentileza do convite para o almoço.

“O COMBATE” NA REDE MUNDIAL DE COMPUTADORES
LEIA NO O COMBATE “ON LINE” AS SEGUINTES NOTÍCIAS:
Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora - SINDEDIF-JF
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Avenida Getúlio Vargas, nº 828, sala 603, Centro – Juiz de Fora – MG – Telefone 0(xx)32-3215-9461
Condomínios de JF na mira de bandidos (IV)
Polícia dá dicas de segurança aos condôminos

     Dando prosseguimento à série de matérias com dicas de segurança da Polícia Militar do Estado de São Paulo (PMESP), que publicou uma cartilha voltada à segurança em condomínios, com dicas contidas em sete capítulos, publicamos hoje a terceira parte do capítulo II, mostrando procedimentos preventivos básicos de segurança em condomínios.

     O capítulo I da cartilha, publicado na edição de julho do jornal “O Combate”, revelou “como deve ser a segurança de um condomínio”.

     Por questão de espaço, resolvemos dividir o capítulo II em três partes: 1) Dicas de Segurança para os Síndicos; 2) Dicas de Segurança aos Condôminos; e 3) Dicas de segurança aos Funcionários.

     Na edição de agosto deste jornal, publicamos as Dicas de Segurança para os Síndicos; na edição de setembro, publicamos as Dicas de Segurança aos Condôminos; e hoje publicamos as Dicas de Segurança aos Funcionários.

     Na próxima edição do jornal “O Combate”, vamos publicar mais um capítulo da cartilha da PMESP.

   A DIRETORIA

Capítulo II -
Procedimentos Preventivos Básicos de Segurança em Condomínios.

2.3. Dicas de segurança aos funcionários.

2.3.1. Orientações gerais: ● Participe do sistema de segurança do condomínio; ● Obedeça às ordens e normas relativas à segurança; ● Preencha corretamente os relatórios existentes, quer seja de serviço ou das condições de segurança do
condomínio; ● Traga sempre informações e sugestões para a melhoria de seu serviço e das condições de segurança do condomínio; ● Fique sempre atento para o que acontece no prédio, observando se há alteração na rotina do condomínio; ● Não converse com estranhos, e, em hipótese alguma, forneça informações sobre o condomínio e os moradores; ● Não se impressione com boa aparência e suposta autoridade. Observe se o traje combina com a aparência e também com o modo da pessoa falar; ● Observe bem as pessoas, fique atento para algum volume suspeito no corpo do indivíduo, principalmente na situação de porte de arma; ● Redobre a atenção nos horários de maior movimento, que normalmente são das 06h às 09h, das 11h às 14h e das 17h às 20h, tomando especial cuidado no período da manhã; ● Quando houver imóvel a ser locado ou vendido, exija o aviso antecipado sobre a visita, além da presença do proprietário ou de corretor de imóvel devidamente registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) e que esteja vinculado a uma corretora ou administradora credenciada; ● Suspeite de funcionários públicos, inclusive policiais, em carros particulares, querendo entrar no prédio (exceto em situações emergenciais), sem a devida identificação. Não abra a porta sem autorização, chame o síndico e exija mandado judicial; ● Suspeite também de pessoa se dizendo oficial de justiça, que queira forçar a entrada no condomínio sem querer apresentar identificação e nem o mandado judicial; ● Inteire-se das diferentes artimanhas utilizadas pelos infratores da lei; ● Sempre consulte o morador sobre a viabilidade de autorização de entrada de visitantes ao condomínio; ● Nos horários de limpeza e recolhimento de lixo, mantenha as entradas do condomínio fechadas; ● Não deixe crianças desacompanhadas ou que estiver em companhia de pessoas estranhas saírem do condomínio; ● Leve todos os problemas atinentes ao serviço ao morador responsável pela área ou ao síndico.

 2.3.2. Cuidados na portaria. ● A portaria deverá estar sempre fechada, e localizada dentro dos limites do condomínio, não devendo avançar em área externa à grade ou muro de proteção; ● Permaneça sempre em seu posto de trabalho, evitando deslocar-se para prestar serviços particulares a condôminos, mesmo que seja na área do condomínio; ● Nunca abandone seu posto de trabalho para atender estranhos no portão ou através das grades, dando condições para ser imobilizado por arma de fogo; ● Não permita que pessoas estranhas adentrem ao portão para conversar com o porteiro ou outro funcionário pela janela de sua guarita, mesmo que seja para completar a identificação ou motivo de visita; ● Durante a noite, mantenha o interior da portaria com pouca luz. O exterior deve estar bem iluminado; ● Tenha sempre à mão a lista de telefones úteis. ● Se houver sistema de CFTV em seu prédio, é importante dar atenção aos monitores, porém não se distraia a ponto de prejudicar o trabalho; ● Não assista TV na portaria durante o serviço, assim como evite uso de rádio em volume alto; ● Domine o manejo dos equipamentos que estão sob sua responsabilidade.

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas