Setembro 2016
página 3
 
 
“O trabalhador precisa estar sempre ligado ao seu Sindicato, para o seu próprio bem” – diz Guizellini

     Em entrevista ao jornal “O Combate”, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG, Paulo Guizellini, falou da necessidade de os trabalhadores estarem sempre antenados com o Sindicato da classe, acompanhando constantemente o trabalho da entidade na defesa dos interesses da categoria. “Os trabalhadores devem acompanhar a atuação do Sindicato lendo os jornais e boletins que sempre distribuímos para eles, acessando o site do jornal O COMBATE (www.ocombate.com.br) e o blog do SINTRAPOSTO-MG (sintrapostomg.blogspot.com), telefonando ou enviando e-mail para o Sindicato (3213-7565 e 3216-3181 e sintrapostomg@gmail.com) ou para o jornal O COMBATE (98845-2991 e ocombate.jm@gmail.com), ou indo à sede da entidade, na Rua Halfeld, nº 414, sala 609, Juiz de Fora, Centro” – informa o sindicalista.

     Em seguida, ele explica: “Fazendo isso, os trabalhadores ficam a par de seus direitos e das novidades, bem como das melhorias que o Sindicato frequentemente conquista para os integrantes da categoria profissional representada pela entidade”.

     Para Guizellini, “o trabalhador precisa estar ligado ao Sindicato em todos os momentos, mas principalmente nesta hora difícil em que estamos abrindo a nossa campanha salarial de 2016 para iniciarmos em novembro novo processo de negociação com o Sindicato patronal objetivando a obtenção de um bom acordo salarial e outros benefícios para a importante classe profissional representada pelo SINTRAPOSTO”.

     De acordo com Guizellini, “o trabalhador deve, para o seu próprio bem, sempre procurar orientação no Sindicato, pois assim ele conhecerá melhor seus direitos e saberá se defender melhor se por acaso alguém tentar prejudicá-lo ou enganá-lo”.


     A Portaria Interministerial dos Ministros de Estado do Trabalho e Previdência Social - MTPS/MF Nº 1, de 08-01-2016, publicada no Diário Oficial da União de 11-01-2016, em seu artigo 4º, fala do salário-família, estabelecendo o seguinte:

Art. 4º O valor da cota do salário-família por filho ou equiparado de qualquer condição, até 14 (quatorze) anos de idade, ou inválido de qualquer idade, a partir de 1º de janeiro de 2016, é de:

I - R$ 41,37 (quarenta e um reais e trinta e sete centavos) para o segurado com remuneração mensal não superior a R$ 806,80 (oitocentos e seis reais e oitenta centavos);

II - R$ 29,16 (vinte e nove reais e dezesseis centavos) para o segurado com remuneração mensal superior a R$ 806,80 (oitocentos e seis reais e oitenta centavos) e igual ou inferior a R$ 1.212,64 (um mil duzentos e doze reais e sessenta e quatro centavos).

§ 1º Para fins do disposto neste artigo, considera-se remuneração mensal do segurado o valor total do respectivo salário-de-contribuição, ainda que resultante da soma dos salários-de-contribuição correspondentes a atividades simultâneas.

§ 2º O direito à cota do salário-família é definido em razão da remuneração que seria devida ao empregado no mês, independentemente do número de dias efetivamente trabalhados.

§ 3º Todas as importâncias que integram o salário-de-contribuição serão consideradas como parte integrante da remuneração do mês, exceto o décimo terceiro salário e o adicional de férias previsto no inciso XVII do art. 7º da Constituição, para efeito de definição do direito à cota do salário-família.

§ 4º A cota do salário-família é devida proporcionalmente aos dias trabalhados nos meses de admissão e demissão do empregado.

PERÍODO

FAIXA 1 (em R$)

FAIXA 2 (em R$)

NORMATIVO

A partir de 01/01/2016

Até 806,80: cota 41,37

de 806,61 a 1.212,64: cota 29,16

Portaria MTPS/MF n° 1, DE 08/01/2016



AOS CONTADORES

     Daqui enviamos o nosso abraço fraterno, com os nossos parabéns, a todos os CONTADORES pelo “Dia do Contador”, comemorado em 22 de setembro.
    
Nesta oportunidade, vale destacar a importância da categoria, pois o Contador é o profissional que estuda e avalia as atividades financeiras de uma empresa e leva o empregador a cumprir as suas obrigações trabalhistas. 
    
Com seu valioso e precioso trabalho, o Contador desempenha o seu importante papel para garantir o bom funcionamento da área financeira de qualquer empresa, com a estrita observância da legislação trabalhista e das determinações das Convenções Coletivas de Trabalho, que – vale lembrar – têm força de lei.
    
No Brasil, a data comemorativa faz alusão ao dia em que foi criado o primeiro curso de Ciências Contábeis no País. O Decreto-Lei nº 7.988, de 22 de setembro de 1945, assinado pelo então presidente da República, Getúlio Vargas, regulamentou e tornou oficial a criação do primeiro curso de ensino superior em Ciências Contábeis, na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).
    
A propósito, é bom lembrar que há uma diferença entre o Contador e o Contabilista. Contador é o profissional que possui curso superior em Ciências Contábeis; é, portanto, um profissional de nível universitário, que exerce funções técnicas e acadêmicas da contabilidade. Já o Contabilista (ou Técnico em Contabilidade) tem curso profissionalizante ou técnico em Contabilidade; é o sucessor do antigo guarda-livros, profissional formado pelos cursos profissionalizantes das Escolas Técnicas do Comércio, de nível médio, executando a função técnica da contabilidade. O Dia do Contabilista é comemorado em 25 de abril.
    
Por esta e outras razões, todos os CONTADORES merecem os cumprimentos de todas as pessoas de bem, especialmente os cumprimentos do pessoal das duas entidades que subscrevem esta saudação aos Contadores.

Sindicato dos Empregados em Edifícios e nas Empresas de Compra, Venda, Locação e Administração de Imóveis Comerciais e Residenciais de Juiz de Fora (SINDEDIF-JF)

Luiz José da Silva – Presidente

Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Serviços de Combustíveis e Derivados de Petróleo de Juiz de Fora e Região – SINTRAPOSTO-MG

Paulo Guizellini - Presidente

2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT artes gráficas