Abril de 2015
TURNEWS
 
 
22 de abril:
dia nacional do Agente de viagens - nada para comemorar...

     Agentes de viagens são intermediários que, mediante comissões, atuam entre as transportadoras e a hotelaria. Para eles (os agentes de viagens), quanto mais alto o preço dos pacotes turísticos, tanto melhor, pois mais ganham em suas comissões. Por isso mesmo, sua preferência é faturar em dólar, exportando turistas e prejudicando o turismo de nosso País. Isso acontece há 60 anos, data da fundação da ABAV (Associação Brasileira dos Agentes de Viagens), entidade que acoberta esse contínuo saque em prejuízo do nosso turismo. A prova: em 2014, os brasileiros gastaram vinte bilhões de dólares no exterior, incentivados pela ABAV e seus agentes. Quando o dólar sobe, os brasileiros viajam mais pelo Brasil, contribuindo assim, para o progresso do setor.
         Diz a lenda que o turismo no Brasil é mais caro. Não é; os roteiros que os agentes de viagens oferecem para o exterior são contemplativos; tudo é visto em rápidos "citytours", como se estivessem mirando cartões postais; os hotéis oferecidos são modestos e antigos; quando passam pelos restaurantes, sentem apenas o cheiro e vão comer pão com salame no quarto do hotel. Por isso, geralmente voltam calados... Aqui, os hotéis são classificados e a comida é farta. No Brasil, come-se bem e barato; os turistas assistem a peças nos teatros de várias regiões: por exemplo, nos teatros do Rio, São Paulo, Belo Horizonte, Manaus. Admiram e se aculturam; não apenas contemplam as fachadas, mostradas pelos guias mal pagos, no exterior. O que mais agrada aos agentes de viagens é o faturamento em dólar.
        Apesar dessa traição, o turismo brasileiro está crescendo a partir da instituição do Ministério do Turismo. Não duvidem: o Brasil caminha para ser a maior potência turística do mundo! Quem viver verá.


M.R.Gomide - jornalista
mrgomide@yahoo.com.br

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
2011 © Direitos reservados Jornal O Combate    -    web por: GFT comunicação visual